Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu doce olhar

A vida é muito louca! As pessoas estão loucas!!! Calma.... Respirem fundo, há força ninguém vence! Quem vence é a paixão e a precistencia! Aqui apenas pretendo colocar os Pensamentos de uma alma

O meu doce olhar

A vida é muito louca! As pessoas estão loucas!!! Calma.... Respirem fundo, há força ninguém vence! Quem vence é a paixão e a precistencia! Aqui apenas pretendo colocar os Pensamentos de uma alma

Mundo, mas qual mundo???

Valentina, 11.08.18

Mundo…. Mas qual mundo?
Estes dias vi um vídeo na net de um rapaz que falava sobre ser preciso salvar o mundo!
O vídeo não podia ter vindo em melhor hora… a visão dele é a minha visão, mas neste texto vou explicar o que eu foquei, o que o meu inconsciente já sabia e andava a tentar fazer, mas que no fundo precisava que alguém concordasse com ele o tornasse coerente. A quem nunca aconteceu????
Desde à um ano para cá tenho passado por muitas transformações pessoais. Apercebi-me que me foquei demasiado na vida dos outros, cuidei dos problemas dos outros, e deixei a minha vida para trás. Na verdade, acredito que uma boa parte das pessoas que têm bom coração, já passaram por isso, ou irão passar. Aquele momento em que olhas à tua Volta, tens o teu mundo a ruir, mas o teu amigo está a chamar por ti, tu deixas o teu mundo a ruir, e vais segurar no mundo do outro!!! Ups…. E no teu??? Quem segura??? Entretanto, passas tanto tempo no mundo do outro, que quando dás por ti estás a viver intensamente a vida dele, ganhas as dores dele, começas a pensar se tu tivesses na situação dele, sim, porque para pensar nessa parte é preciso fazer de conta que temos as suas vivências e a suas personalidades… e aí é que sem querer entras onde tu não queres, de tanto que vives nesse mundo que passas a deixar de ser tu, começas a perder a tua personalidade…
Aqui entra a história sobre o mundo a salvar!!! Como dizia o tal rapaz, é preciso o teu mundo ter paz e harmonia para poderes salvar o dos outros. Como pensas tu que vais ajudar alguém se não tens de sobra para oferecer???
Com isto não quero eu dizer “sejam egoístas e egocêntricos” só quero dizer que temos de saber os nossos limites para poder ajudar o próximo. Não nos deixemos corroer. E não vivamos intensamente o que é do outro… porque é do outro.
Ao praticar a distância, vais perceber que se tens apenas o teu mundo sobre tua responsabilidade, vais ter mais calma e menos barulho no teu inconsciente, para resolver os teus problemas, e tomar as tuas decisões, única e exclusivamente baseada em ti.
Sim, porque o teu mundo é o teu mundo, e lá por gostares muito de uma pessoa, não quer dizer que o teu mundo e o dela sejam os mesmos, o que cabe no teu mundo pode não caber no dela, e visse versa. Quero com isto dizer que cada um sabe o que é melhor para si, aquilo que faz uma pessoa feliz pode fazer a outra pessoa profundamente infeliz. O que é aceitável na vida de uma pessoa, pode ser completamente inaceitável na vida da outra. Eu posso ser profundamente feliz com o facto de ser costureira numa fábrica, mas a minha colega do lado sonhar com uma carreira de modelista! Eu posso ser feliz com o meu marido emigrado, mas a minha amiga não pode sequer suportar essa ideia! Cada um sabe de si! E isso não faz de ti melhor ou pior pessoa. Isso faz de ti o que tu és!!!
Vais ver que ao fim de algum tempo de luta por ti, e acreditem que dá luta ainda estou no inicio desse processo, vais voltar a olhar para o mundo com amor, com outra serenidade, não te irritas tanto, e vais ter outra frieza para ajudar os outros, vais ver as coisas de forma mais madura. E nunca te esqueças, se o mundo é do outro, nós até podemos dar aquela mãozinha, mas o outro é que tem de fazer por si. “Em vez de dar peixe, ensina a pescar”!
Obrigada! Luz no vosso mundo
Valentina

20180114_170347_optimized.jpg

 

Pág. 1/2